theme

Leitura e cafeína, ultimamente, são meu refúgio sereno desse planeta. Não é por nada não sujeito, mas, o mundo lá fora me deprime, com tanta injúrias e infelicidades que ele oferece. Mas é claro que não posso esquecer as coisas boas também mas, são poucas alegrias para tanta tristeza que circula aqui dentro, no meu coração. Seria egoísmo da minha parte dizer que somente eu me sinto assim, mas, infortunadamente, não é. A razão é óbvia: a humanidade tem essa maldita mania de rotular tudo o que vê sem ao menos ter o verdadeiro conhecimento. Mas essa mania machuca, me entende? E os que tentam escapar dessa infeliz rotulação acabam assim, como eu, uma pessoa angustiada e fadigada da vida, onde seus sonhos foram trancados em uma caixa     cuja chave foi engolida por um mar de ilusões     com um letreiro velho escrito sob ela:”Quem se importa?”. Sabe, não deveria ser assim. Tudo poderia ser bem simples, as pessoas que complicam tanto, seria bom se todos cuidarem de suas próprias vidas, ao invés de estar querendo cuidar da vida dos outros, eu cansei dos rótulos que me puseram, cansei do mundo lá fora, das ilusões, das falsidades, das mentiras, tento escapar o máximo mais sei que é impossível pois tantas coisas vivem nos rodeando, algumas passam até despercebidas debaixo de nosso próprio nariz, por isso encontro-me refugiada, em um quarto onde o vazio e o silêncio predominam, onde os livros tem sido minha passagem secreta para outro mundo, outra dimensão, com uma xícara de café ao lado complementando, encontro-me confortada deitada em minha cama, por alguns segundos penso estar livre de tudo e de todos, são maneiras simples como essas que eu encontro para fugir um pouco da realidade tão dura que me cerca… Seria uma grande e absurda mentira dizer que tenho motivos para sorrir, quando meu coração explode de tanta dor, já que no mundo  a felicidade esta em extinção. E eu me sinto vazio, me sinto só. Morte, palavra suave e doce, pra uma moça, tão triste e acuada, talvez seja ate uma palavra aliviadora. Pobre seres-humanos, que reinam em um mundo sem princípios, que andam vagando feito loucos e lunáticos. E ainda exite a tal da solidão, nunca a vi, nunca a senti, ou talvez eu não queira acreditar que vivo ao redor dela. Em minha mente convém, se nem me lembro de como se sorri, como posso viver. E continuo a minha busca, à procura da felicidade, da minha felicidade, em um mundo em que contenha apenas eu, sem que ninguém possa se interferir, ou destruir. Um mundo onde os meus sonhos reinem e tudo gire em torne da minha própria essência, onde os rótulos e as criticas não sejam bem vindas e onde o prejulgamento não tenha vez. Quero um mundo meu, um mundo simples e sincero, algo capaz de suprir todas as minhas necessidades, algo que faça dos meus dias frios e vazios dias felizes e produtivos. Preciso sentir-me vivo de novo, após tantos momentos de crises, após essa grande confusão da qual vivo, preciso pelo menos uma vez na vida, saciar essa minha extrema vontade de me sentir inteiro. Não peço muito, só peço um pouco de paz, um pouco de calma -calma na alma- e nada de efemeridade. Pedro + Gabi + Nayara + Mallú [Insolúveis]

  1. relicario-perdido reblogged this from rio-doce
  2. temposdealegria reblogged this from insoluveis
  3. ascoresdoamor reblogged this from j-a-r-d-i-n-e-i-r-o
  4. some-great-pictures reblogged this from coroavel
  5. devastavel reblogged this from atonias
  6. atonias reblogged this from war-r
  7. monam0ur reblogged this from desastrosa-mente
  8. umapequenatempestade reblogged this from c-ompleteness
  9. c-ompleteness reblogged this from flutuei
  10. my-idiot reblogged this from insoluveis
  11. flores-envenenadas reblogged this from rio-doce
  12. like-anordinarygirl reblogged this from desconsolavel
  13. desconsolavel reblogged this from doce-veraneio
  14. j-ulianna reblogged this from rio-doce
  15. feellikea-lady reblogged this from j-a-r-d-i-n-e-i-r-o
  16. despetaladas reblogged this from j-a-r-d-i-n-e-i-r-o
  17. teorize-se reblogged this from petrificad-a
  18. sacrificar reblogged this from doce-veraneio
  19. h-e-a-r-t-ofstone reblogged this from epilogo-agridoce
  20. doce-veraneio reblogged this from anarchhia
  21. doces-saudades reblogged this from rio-doce
  22. war-r reblogged this from desordeiro
  23. rio-doce reblogged this from j-a-r-d-i-n-e-i-r-o
  24. epilogo-agridoce reblogged this from j-a-r-d-i-n-e-i-r-o
  25. aflorir reblogged this from j-a-r-d-i-n-e-i-r-o
  26. j-a-r-d-i-n-e-i-r-o reblogged this from desordeiro
  27. anarchhia reblogged this from desordeiro
  28. last-remember reblogged this from naestradadafelicidade
  29. desordeiro reblogged this from petrificad-a
  30. petrificad-a reblogged this from naestradadafelicidade
  31. floresce-me reblogged this from naestradadafelicidade
  32. naestradadafelicidade reblogged this from insoluveis
  33. sabedo-rias reblogged this from desastrosa-mente
  34. vocepodefalar reblogged this from insoluveis and added:
    Leitura e cafeína, ultimamente, são meu refúgio sereno desse planeta. Não é por nada não sujeito, mas, o mundo lá fora...
  35. tequi-l4 reblogged this from insoluveis
  36. sorte-ou-destino reblogged this from manic69
  37. manic69 reblogged this from insoluveis
  38. princesa-semcoracao reblogged this from my-idiot
  39. brksv0dka reblogged this from arfou
  40. arfou reblogged this from insoluveis
  41. aceitando-me reblogged this from tos3x